ACADEMIA CEARENSE DA
LíNGUA PORTUGUESA

dulcisonam et canoram linguam cano

ATA DA SESSÃO ORDINÁRIA 28/03/2017

Webmaster

ATA DA SESSÃO ORDINÁRIA DE VINTE E OITO DE MARÇO DE DOIS MIL E DEZESSETE. Aos vinte e oito dias do mês de março de dois mil e dezessete, na Rua do Rosário, número um, em Fortaleza, Ceará, a Academia Cearense da Língua Portuguesa realizou sua segunda reunião ordinária do ano, após observar recesso em fevereiro. Estavam presentes os acadêmicos Francisco Felipe Filho (Cadeira nº 2), Antônio Vicente Alencar (Cadeira nº 11), Ana Paula de Medeiros Ribeiro (Cadeira nº 12), José Myrson Melo Lima (Cadeira nº 14), Giselda de Medeiros Albuquerque (Cadeira nº 16), Italo Gurgel (Cadeira nº 17), Marcelo Braga (Cadeira nº 18), Sebastião Valdemir Mourão (Cadeira nº 19), José Ferreira de Moura (Cadeira nº 20), Roberto Feijó Ribeiro de Sousa (Cadeira nº 30), Manoel Crisóstomo do Vale (Cadeira nº 31) e Sebastião Teoberto Mourão Landim (Cadeira nº 38). Justificaram ausência, por motivo de trabalho, os acadêmicos Hermínia Lima, João Soares Lobo, Maria Elias Soares, Batista de Lima e Regine Limaverde; e, por problemas de saúde, Regina Barros Leal, Mário Barbosa, Ana Vládia Mourão e Genoíno Sales. Ao abrir os trabalhos, o Presidente Valdemir Mourão solicitou a leitura da ata da sessão ordinária de trinta de janeiro, o que foi feito pelo Segundo Secretário, Italo Gurgel. Posta em votação, a Ata foi aprovada por unanimidade e sem reparos. Italo fez, na sequência, o registro da correspondência recebida: periódico “Binóculo”, panfleto do 1º Concurso LEC de Literatura, exemplar do livro “Adirson Vasconcelos, o historiador de Brasília”, e convite para o lançamento de “Considerações sobre a invasão de Lavras em 1910”, de autoria de João Tavares Calixto Júnior. Aberto espaço para os comunicados dos acadêmicos, Myrson Lima anunciou a criação da Academia Cearense de Direito; Roberto Ribeiro comunicou que o lançamento de “O mundo é das Marias” ocorreria a trinta e um de maio; Vicente Alencar informou que sua palestra sobre Bárbara de Alencar seria proferida a vinte e nove de abril e lembrou o lançamento de “Policromias”, obra coordenada por Giselda Medeiros, agendado para o dia dezoito de abril, pela manhã, na Academia Cearense de Letras. Em seus informes, o Presidente voltou a disponibilizar o selo dos quarenta anos da ACLP para figurar na capa de livros a serem lançados, no corrente ano, pelos acadêmicos; encareceu esforços para se localizarem os familiares dos acadêmicos falecidos; insistiu em que lhe fossem repassados os currículos dos acadêmicos, para inserção no blog da entidade, além da biografia dos patronos e patronos eméritos e do discurso de posse dos atuais membros da Academia, material que deverá chegar a suas mãos até o próximo dia trinta e um de maio. Esclareceu que os discursos irão compor a edição da revista da ACLP com lançamento previsto, também, para os atos comemorativos do corrente ano. Comunicou que a revisão da minuta do Regimento esteve paralisada nos últimos dias, mas que seria retomada brevemente. Na Hora do Vernáculo, a acadêmica Ana Paula de Medeiros Ribeiro proferiu palestra sobre o ensino e aprendizagem da Língua Portuguesa, amparando-se em sólidas estatísticas e aprofundando-se na análise dos desafios que se colocam na formação de professores. Seguiram-se enriquecedores comentários, testemunhos e questionamentos por parte dos acadêmicos presentes. Encerrado esse capítulo, o Presidente passou à Ordem do Dia, discorrendo sobre algumas atividades previstas para marcar as quatro décadas de história da Academia. Informou que ainda estão disponíveis exemplares da Agenda ACLP e, por fim, convidou a todos para o lanche tradicional, ocasião em que receberiam congratulações os acadêmicos aniversariantes dos meses de fevereiro e março: Vicente Alencar, Teoberto Landim, Italo Gurgel, Horádio Dídimo, Filipe Filho, Regina Barros Leal, Regine Limaverde, Lemos Monteiro e Carlos Augusto. Nada mais havendo a registrar, eu, Italo Gurgel, Segundo Secretário da ACLP, lavrei esta ata, para que seja lida, discutida e, em caso de aprovação, assinada. Fortaleza, vinte e oito de março de dois mil e dezessete.

Compartilhar

Fundada a 28 de outubro de 1977 Rua do Rosário, 1 – Centro CEP 60055-090 Fortaleza – Ceará – Brasil

ACADEMICOS

INSTITUCIONAL

TEXTOS