Italo Gurgel

Italo Gurgel

É professor e jornalista. Licenciado em Letras pela Universidade Federal do Ceará-UFC (1971), fez aperfeiçoamento em Língua Francesa na Universidade Paul Valéry, de Montpellier/França (1973). Estagiou no Centro Internacional de Jornalismo, em Paris/França (1988). É Mestre em Literatura Brasileira, pela UFC (1996), com dissertação sobre os manuscritos de “Dôra, Doralina”, de Rachel de Queiroz.

Atuou profissionalmente como repórter e redator do jornal “O Povo” (1966/1995) e professor de Língua e Literatura Francesas na Universidade Federal do Ceará (1971/1998). Paralelamente, na UFC, exerceu atividades jornalísticas na Pró-Reitoria de Extensão, Rádio Universitária FM e Coordenadoria de Comunicação Social e Marketing Institucional, tendo também ocupado o cargo de Ouvidor.

É membro das seguintes entidades: Academia Cearense da Língua Portuguesa, que presidiu entre 2009 e 2012; Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Ceará; Associação Cearense de Imprensa; Associação dos Docentes da Universidade Federal do Ceará; Associação Brasileira de Bibliófilos e Instituto Cultural do Oeste Potiguar.

É autor, dentre outras obras, de: “Uma leitura íntima de Dora, Doralina – A lição dos manuscritos” (ensaio derivado da dissertação de Mestrado); “Dora, Doralina – Uma eloquente história de amor” (fascículo da coleção “Dez obras de autores selecionados para o vestibular da UFC”); “Antônio Martins Filho” (capítulo da “Antologia Terra da Luz – Prosadores”); contos, poemas e ensaios literários dispersos em revistas e livros; dezenas de orelhas e prefácios de livros; centenas de artigos jornalísticos publicados em revistas, jornais e sites.

Como atividade de lazer, cultiva orquídeas. Presidiu a Associação Cearense de Orquidófilos e é autor da “Cartilha de Cultivo de Orquídeas”. Estudioso da espécie Cattleya labiata Lindl, profere palestras e publica artigos sobre o tema em revistas especializadas do Brasil e Portugal.

Compartilhar