S.O.S. Português de A a Z – a, há, “há dez dias atrás”

SEBASTIÃO VALDEMIR MOURÃO, membro titular da Academia Cearense da Língua Portuguesa – Cadeira nº 19

Use há: 

a) quando indicar tempo decorridopassado;   for equivalente a faz;

b) quando for verbo haver no sentido de existir.

ATENÇÃO! O certo é, então, há dez dias ou dez dias atrás, porque  já quer dizer tempo passado, tempo atrás. Nunca diga há dez dias atrás. Exemplos:

1) Não a vejo há mais de uma semana. = Não a vejo faz mais de uma semana.

2) Há muitos torcedores no estádio. = Existem muitos torcedores no estádio.

3) “Ela faleceu  dez anos!” (Valdemir Mourão. Histórias Contadas no Alpendre. p. 14, 2014).

4) “ mais de cem anos não vem à calçada, desde o tempo em que o acusaram do desaparecimento de crianças na Rua das Flores.” (Pedro Salgueiro. Dos Valores do Inimigo, p.102, 2006).

5)  “Algumas pessoas inda estão presas a antigas crenças como a de que no mundo não  lugar para novas lideranças.” (Assis Almeida. Histórias que Motivam. p.19, 2015).

Use a:

a) quando indicar tempo futuro, tempo  suficiente; indicar distância, medida;

b) quando admitir substituição pelas preposições em ou com.Exemplos:

1) Eu confessarei tudo daqui a dez dias = tempo futuro.

2) Estarei aqui a tempo para assinar o documento = em tempo, com tempo.

3) Minha casa fica a duas quadras daqui =  distância, medida.

4) “Numa dessas paradas, sol quente do meio-dia, vai que o Efrônio avista, a uns duzentos metros da Toyota, um senhorzinho, um “matuto” morador daquela casinha.” (Clauder Arcanjo, Cambono. p. 148, 2016).

5) “No dia seguinte começou o emprego, que ficava a quatro quadras dali, dava até para vir almoçar em casa.” (Carlos Roberto Vazconcelos, Mundo dos Vivos. p. 77, 2008).

6) “O aluno chegou a tempo de fazer a prova.” (Raimundo Evaristo Nascimento dos Santos).

Compartilhar