S.O.S Português de A a Z

Prof. SEBASTIÃO VALDEMIR MOURÃO, membro titular da Academia Cearense da Língua Portuguesa – Cadeira nº 19

almoços (ô) ou almoços (ó)– Este nome não aceita metafonia, ou seja, mudança de timbre no plural, portanto pronuncie com som fechado (ô) tanto no singular como no plural.

1) “Alguns preferem o Domingo, um dia mais fechado, mais familiar, pontuado de missas, pijamas, almoços solenes e avaliações.” (Juarez Leitão. Sábado estação de viver. p. 19, 2000).

2) (…) “outras festas e comemorações, eram festejadas com almoços e jantares sempre muito alegres…” (Regina Pamplona Fiuza, O Pão da Padaria Espiritual. p. 49, 2011).

Dicionário do Português da rua

belisco / abanar a cara

belisco – sm. – Diz-se de algo em pouca quantidade; o mesmo que beliscão; ato de comprimir a pele do outro com as pontas ou os nós dos dedos ou com as unhas, provocando dor intensa; 1ª pessoa do presente do indicativo do verbo beliscar; ato ou efeito de beliscar(-se); pessoa ou coisa muito pequena.

1. Quando pensei em comer do bolo, achei só um belisco.

2. Quando olhei para o berço, que vi aquela criaturinha tão pequena, disse: meu Deus, é um belisco de gente!

abanar a cara – Ameaçar alguém; agitar a mão à altura do rosto do outro como forma de ameaça.

1. Deu uma de valentão, abanando a cara do outro.        

2. Nunca abane a cara de um homem, se não tiver como se defender.

Compartilhar