ACADEMIA CEARENSE DA
LíNGUA PORTUGUESA

dulcisonam et canoram linguam cano

Sabedoria

Italo Gurgel

Prof. SEBASTIÃO VALDEMIR MOURÃO, membro titular da Academia Cearense da Língua Portuguesa – Cadeira nº 19

Vi o rosto de um cego que via
e nele, a agonia;
um sorriso nos lábios
e nele, a omissão;

vi um olhar triste
e nele, o padecimento;
vi cair uma lágrima
de quem não devia chorar
e nela, a hipocrisia;

vi a burguesia nas mansões
e com ela, fartura e prazer;
um mendigo na beira da rua
e nele, a ironia…

vi a verdade nos outros
quando não me via mais e, na verdade, a sabedoria.

Compartilhar

Fundada a 28 de outubro de 1977 Rua do Rosário, 1 – Centro CEP 60055-090 Fortaleza – Ceará – Brasil

ACADEMICOS

INSTITUCIONAL

TEXTOS