SOS Português: as dicas do Professor Mourão

A ALFACE OU O ALFACE?

Alface – planta usada principalmente para o preparo de saladas.

Deve-se usar como substantivo feminino. Portanto: a alface, esta alface, etc.

Exemplos:

  • Aquela alface está tão bonita que dá vontade de comer com os olhos.
  • Tem gente que gosta da alface molhada com azeite.

DE TARDE OU À TARDE?

De tarde é locução adverbial de tempo usada em relação a dia não determinado.

  • Ex.: De tarde costumo ler e escrever.

À tarde é usada quando o dia é determinado.

  • Ex.: Ontem à tarde conclui mais um livro.

DEFERIR, DIFERIR

São formas parônimas, com escrita e pronúncia parecidas, mas com significados diferentes.

Deferir: atender, conceder, conferir a, outorgar, despachar favoravelmente.

  • Ex.: Deferi o requerimento, depois de conferir os documentos.

Diferir: divergir, ser diferente, adiar, procrastinar, prorrogar.

  • Ex.: “A voz era a mesma de Escobar, o sotaque era afrancesado. Expliquei-lhe que pouco diferia do que era.” (Machado de Assis).

Tem outras dúvidas? Quer ver outras dicas? Visite o blog do Prof. Mourão: profmourao.blogspot.com

(Sebastião Valdemir Mourão é membro titular da Academia Cearense da Língua Portuguesa, onde ocupa a Cadeira nº 19)

Compartilhar