Três novos membros tomam posse na ACLP

Frei Hermínio (Cadeira nº 27), Prof. Teoberto Landim e Assis Holanda (Cadeira nº 22).
Acadêmico Evaristo Nascimento, Francisco Vicente (Cadeira nº 4), e o presidente Teoberto Landim.
Acadêmico Myrson Lima, Prof. Nazareno de Oliveira, Prof. Otacílio Bessa e Teoberto Landim.

A Academia Cearense da Língua Portuguesa (ACLP) agregou ontem a seus quadros três novos membros titulares: Francisco Vicente de Paula Júnior (Cadeira nº 4), Raimundo de Assis Holanda (Cadeira nº 22) e Frei Hermínio Bezerra Oliveira (Cadeira nº 27). A posse teve lugar na noite de 30 de outubro, durante solenidade no Ideal Clube, em Fortaleza. O Presidente da ACLP, Prof. Teoberto Landim, transmitiu as boas-vindas aos novos acadêmicos e entregou as insígnias que os distingue, agora, como membros de um dos mais tradicionais e respeitados sodalícios culturais do Ceará.

Na mesma ocasião, a Academia fez entrega da Medalha do Mérito Cultural Hélio Melo a dois educadores cearenses que se destacaram por sua atuação profissional: os professores Francisco Nazareno de Oliveira, Diretor-Geral do Colégio Master, e Otacílio de Sá Pereira Bessa, Diretor da EEM Adauto Bezerra. Acompanhada de diploma, a Medalha traduz o reconhecimento da ACLP pelo trabalho em favor do enriquecimento cultural do Ceará. Os dois homenageados foram apresentados pelo acadêmico Paulo Sérgio Lobão.

Seguiram-se dois lançamentos. O acadêmico Valdemir Mourão fez a apresentação do livro “Da Espanhola ao Azulão”, coletânea de crônicas, contos e poemas, de autoria do Prof. Assis Holanda. Em seguida, o Diretor de Publicações da Academia, jornalista Italo Gurgel, apresentou a edição nº 14 da revista “Vernáculo”, órgão oficial da ACLP, que a partir de hoje passa a circular. Exemplares da “Vernáculo” serão encaminhados a colégios, bibliotecas públicas e instituições culturais do Ceará e de outros estados.

Além dos acadêmicos, um grande número de convidados participou do evento, que teve o acadêmico Marcelo Braga como mestre de cerimônia. Encerrado o ato solene, um jantar foi servido, em ambiente de confraternização e de reencontro entre amigos e familiares.

Compartilhar