ATA DA SESSÃO ORDINÁRIA DE 27/03/2018

Aos vinte sete dias do mês de março de dois mil e dezoito, no Palácio da Luz, situado na Rua do Rosário, número um, em Fortaleza, a Academia Cearense da Língua Portuguesa realizou a sua reunião mensal, a primeira reunião do novo biênio administrativo da ACLP, tendo como presidente o Professor Teoberto Landim. Estavam presentes os acadêmicos Maria Gorete Oliveira de Sousa  (Cadeira nº 1), Regine Helena Silva dos Fernandes Vieira (Cadeira nº 7), Antônio Vicente Alencar (Cadeira nº 11), Ana Paula de Medeiros Ribeiro (Cadeira nº 12), José Myrson Lima (Cadeira nº 14), Giselda Medeiros Albuquerque (Cadeira nº 16), Marcelo Braga (Cadeira nº 18), Sebastião Valdemir Mourão (Cadeira nº 19), Regina Lúcia Barros Leal de Silveira (Cadeira nº 24), Ana Vládia Mourão de Oliveira (Cadeira nº 32), Révia Lima Herculano (Cadeira nº 34), João Vianney Campos de Mesquita (Cadeira nº 37), Sebastião Teoberto Mourão Landim (Cadeira nº 38), Paulo Sérgio Lobão da Costa (Cadeira nº 39), Raimundo Evaristo Nascimento dos Santos (Cadeira nº 40). Justificaram ausência os acadêmicos Ítalo Gurgel, José Genuíno, Cid Carvalho, Mário Barbosa, José Lemos Monteiro, Miranda Leão, Batista de Lima, Maria Elias, Maira Margarete Fernandes, Felipe Filho e José Ferreira de Moura. Ao abrir os trabalhos, O Presidente Teoberto Landim solicitou a presença na mesa do primeiro vice-presidente Sebastião Valdemir Mourão e do Primeiro Secretário  Ana Vládia Mourão de Oliveira, a qual fez a leitura da Ata da reunião anterior. Posta em votação, a Ata foi aprovada por unanimidade. Em seguida, o Presidente Toberto Landim apresentou o seguinte informe: Convite, via correspondência, do lançamento do livro de 30 anos do Inesp, autoria das servidoras Vânia Monteiro Soares Rios e Ana Suely Romero da Frota Moraes, no dia 8 de março às 10:00. Aberto espaço para os Informes dos Acadêmicos, a acadêmica Ana Paula de Medeiros Ribeiro registrou o convite  para lançamento do livro Costurando Histórias: Conceitos, Cartas e Contos, organizado pelas professoras Ana Paula de Medeiros Ribeiro, Cristina Façanha Soares e Tâmara Maria Bezerra Costa Coelho. A obra será apresentada pelo Professor Batista de Lima, membro deste sodalício. Em seus informes, o Presidente Teoberto Landim informou aos acadêmicos acerca da renúncia das confreiras Aila Maria Leite Sampaio e Hermínia Maria Lima da Silva.  Na ocasião, o Presidente afirmou que as procurou, inclusive enviou e-mails, com o objetivo de que houvesse, por parte das duas acadêmicas, uma reavaliação na decisão de pedido de renúncia, uma vez que era para a ACLP uma honra tê-las como membro efetivo. No entanto, a tentativa não logrou êxito. Em seguida, fez a leitura do comunicado escrito, via e-mail, pela acadêmica Aila, a qual, sob a alegação de não dispor de tempo para participar das reuniões mensais, devido a suas atividades laborais como docente,  justificou os motivos de sua renúncia, seguindo a mesma justificativa, reforçada pela frase “faço das palavras da Aila as minhas”, a confreira Hermínia também optou por se afastar da ACLP. Devido a isso, o Presidente pôs, à disposição para votação, as cadeiras 4 e 21, cujo edital ainda será lançado. Em seguida, discutiu-se a respeito da confraternização dos acadêmicos para celebrar a posse da nova gestão. Ficou deliberado que o encontro será realizado no dia 13 de abril de 2018, numa sexta-feira, no Marina Park às 19:00. O objetivo, além da confraternização, é dar mais visibilidade à ACLP.   A Hora do Vernáculo contou com a participação da acadêmica Ana Paula de Medeiros Ribeiro, a qual proferiu a leitura do texto, de sua autoria, Aos pedagogos, com carinho, cuja temática aborda, além da importância do ato de ler e escrever, a necessidade de se oferecer condições, especialmente, às crianças  para o exercício da leitura e consequentemente da escrita. Ressaltou que o exercício contínuo proposto pelo professor na vivência escolar das crianças é o melhor meio para que essa habilidade seja naturalizada. Destaca ainda que o ler e o escrever são caminhos conjugados: a leitura deve ir além da decodificação; e a escrita, além da mera atividade de codificar. Após a leitura, comentários enriquecedores foram proferidos pelos acadêmicos Regine Limaverde, a qual destacou que escrever Literatura difere de escrever Ciência; Myrson Lima ressaltou a importância de se saber selecionar corretamente uma obra literária para a leitura de uma criança ou de um adolescente; Valdemir Mourão reforçou a deia de que a palavra solta, isolada não tem nenhum valor sem que haja uma contextualização; Raimundo Evaristo destacou a importância do gênero textual para o interesse da leitura. Concluído esse momento, o Presidente passou à Ordem do Dia, reforçando o horário e o dia do encontro de posse, e a vacância das cadeiras 4 e 21. Por fim, convidou a todos para o tradicional lanche das cinco, em que recebem congratulações os acadêmicos aniversariantes do mês de março Teoberto Landim, Ítalo Gurgel, Regina Barros Leal, Regine Limaverde, Horácio Dídimo e Francisco Felipe Filho. Nada mais a registrar, eu, Marcelo Braga, Segundo Secretário da ACLP, lavrei esta Ata para que seja lida, discutida e, se aprovada for, assinada. Fortaleza, vinte e sete de março de 2018.

Compartilhar